Município de Assis pode ser considerada estância turística, diz prefeitura

Município de Assis pode ser considerada estância turística, diz prefeitura
Da Antena Jovem

O Plano Diretor de Turismo, elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Assis e aprovado pelo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), foi protocolado nesta quinta-feira, 13, na Câmara de Vereadores para apreciação e posterior votação do Legislativo.

O projeto foi elaborado a fim de elencar o perfil turístico do Município, relacionando seu potencial no âmbito educacional, comercial, lazer e entretenimento, cultura, saúde, religião, esporte entre outros.

Com a implantação do Plano Diretor em Assis, a cidade pode pleitear sua participação no Programa Estadual Município de Interesse Turístico, o MIT, que dispõe de recursos para ações, projetos e programas destinados à comunidade e direcionados ao setor, o que pode colaborar para o incremento e desenvolvimento de espaços destinados ao turismo.

De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Paulo Mattioli, o Plano Diretor de Turismo teve início ainda no ano passado, e todo processo de levantamento de informações foi realizado em parceria com o COMTUR.

“Este é um trabalho técnico minucioso que exigiu o envolvimento e a participação de colaboradores da Secretaria com apoio de representantes do COMTUR”, destaca Mattioli.

Para o vice-prefeito Márcio Veterinário, o Plano faz parte de sua plataforma de governo que busca a valorização e desenvolvimento do Município em todos os seguimentos.

“Estamos sempre pleiteando recursos para o nosso Município, e com esse novo projeto queremos destacar e valorizar o potencial que a cidade possui em diversas áreas, tais como pecuária e agrícola, turismo rural, entretenimento e lazer”, frisa Márcio Veterinário.

Para José Fernandes, Assis é um Município altamente privilegiado pela sua localização geográfica, fazendo entroncamento para grandes centros, como Presidente Prudente e Marília e Bauru, e para outros estados, como Paraná e Mato Grosso, pois é cortado pela maior rodovia do Estado de São Paulo, a Rodovia Raposo Tavares, SP 270.

“Transformar Assis em estância turística implica em atrair pessoas que possam propagar a imagem do nosso Município a outras cidades vizinhas e de toda região, despertando desta forma, a curiosidade e o prazer de outras pessoas visitarem e se encantarem com o que ele oferece como diferencial”, considera o prefeito.

 

O Plano deve ser votado pela Câmara e, se aprovado, será encaminhado posteriormente à Assembleia Legislativa.

Compartilhe

Comente