Atleta de Palmital, Tamara Mendes vence concurso de fisiculturismo em SP

Atleta de Palmital, Tamara Mendes vence concurso de fisiculturismo em SP
Da Antena Jovem

A palmitalense Tamara Mendes dos Santos foi a campeã geral da categoria wellness na II Copa Grajaú, que foi realizada no último sábado (28) no ginásio do Centro Universitário Ítalo-Brasileiro, no bairro de Santo Amaro, na capital paulista. A disputa, que reuniu grande número de atletas de diversas cidades, foi chancelada pela São Paulo Fisiculturismo e Fitness (SPFF), empresa que fomenta a modalidade e é a responsável por supervisionar competições no Estado.

Tamara disputou a categoria na divisão para competidoras acima de 1,68 m de altura. “A wellness, cuja tradução para o português é ‘bem-estar’, é voltada para mulheres que pensam em desenvolver o corpo e alcançar um padrão de baixa gordura e medidas proporcionais, com curvas e traços femininos. A ideia é cuidar do corpo sem exageros, mantendo uma silhueta com cintura fina e os membros inferiores levemente desproporcionais em relação ao tronco”, explicou.

A atleta disse que as participantes de competições de fisiculturismo fazem passagens pelo palco em que têm de fazer posições previamente definidas para que possam ser avaliadas pelos jurados. “Tudo é padronizado, desde as poses, o biquíni e o salto”, afirmou. Tamara fez uma apresentação que impressionou os jurados e faturou o título em sua divisão por altura e da disputa “overall”, com o melhor desempenho entre todas as atletas inscritas na categoria.

Tamara, que é professora de ciências biológicas e atualmente cursa educação física, é filha do aposentado Gilberto Santos e da cabeleireira Susana M. Santos. Ela iniciou a prática da musculação em 2014 apenas com o intuito de emagrecer e ter uma vida mais saudável e ativa. Há um ano teve o interesse em competições e iniciou treinamentos específicos, que podem durar 3 horas por dia na fase final de preparação. A atleta já havia participado de duas competições anteriormente, obtendo um 3º lugar em Curitiba e um 4º em Londrina.

A fisiculturista disse que não recebe apoio do Poder Público ou de empresas. As despesas com a viagem a São Paulo foram cobertas com arrecadação de recursos entre familiares e amigos. Apesar das dificuldades, Tamara se disse motivada com o resultado e espera alçar voos mais altos. “Estou extremamente feliz e realizada, pois vejo o resultado da transformação pela qual passei ao longo do tempo. O trabalho que faço desde o início deste ano é apoiado pelo meu técnico André Fogaça. A meta é continuar evoluindo e participar de outras competições em 2020”, ressaltou.

Compartilhe

Comente